Abordagem de Ensino Baseada no Jogo

sábado, 15 de fevereiro de 2014

JOGO CONCEITUAL PARA A DEFESA A ZONA PRESSIONANTE

Princípio: Pressing

Sub-Princípio: Zona Pressionante

Complexidade: 3 (média alta)

Objetivos: Controlar os potenciais receptores mais próximos

Tempos: 6 X 8' 

Adaptação Biológica: Resistência Específica

Materiais: Discos, coletes e bolas

Descrição

Número de jogadores 12 (5:5 + 2 coringas)

Jogo Conceitual 5 : 5 + 2 coringas para controlar os potenciais receptores de passes mais próximos. Em um 5 : 5 + 2 coringas como disposto no campograma, pressionar constantemente o possuidor da posse da bola, quando este realizar o passe, o defensor direto deve abandonar o jogador que realizou o passe e pressionar o atual portador da posse da bola. Nessa situação, um companheiro deve abandonar o seu oponente e pressionar o adversário que realizou o passe. Sair do espaço específico para realizar o pressing e retornar a posição toda vez que não recuperar a posse da bola.  

sábado, 1 de fevereiro de 2014

JOGO CONCEITUAL PARA LIBERAR O COMPANHEIRO

Princípio: Posse e Valorização da Circulação da Posse da Bola;

Subprincípio: Criação de superioridade numérica; 

Complexidade: 2 (média);

Objetivo: Criar superioridade numérica posicional ao redor do possuidor da bola;

Tempos: 3 X 8';

Adaptação Biológica: Resistência Específica;

Materiais: Discos, coletes e bolas.

Descrição

Número de jogadores 14 (5 : 5 + 4 coringas)

Jogo conceitual 5 : 5 + 4 coringas para criar superioridade numérica posicional ao redor do possuidor da bola. Em um 5 : 5 com 4 coringas como disposto no campograma, mantendo a posse da bola. Os coringas jogam com a equipe de posse da bola, quando a bola chega até um coringa, este deverá provocar, mediante a condução da bola do exterior para o interior do campo de jogo (que está em igualdade numérica) se converta em superioridade para prosseguir mantendo a posse da bola. O coringa não deve passar enquanto um colega não estiver liberado da oposição do adversário.